O que precisa de ser alterado
O Impacto do VIH
Utilizadores de drogas injetáveis
O que precisa de ser alterado

Representando as pessoas que injetam drogas uma proporção muito significativa das pessoas com VIH, nalgumas regiões a esmagadora maioria, as medidas de redução de riscos, incluindo programas de troca de seringas, devem ser implementadas de forma a responderem suficientemente às necessidades. Além disso, o estigma e a discriminação em relação aos utilizadores de drogas têm de ser combatidos para que estes possam aceder a tratamentos para a adição reduzindo os riscos de se virem a infetar. Estas ações também reduzirão a probabilidade de transmissão do VIH a outros grupos de população através da sobreposição da utilização de drogas com o trabalho sexual e com o sexo desprotegido em geral.

Um relatório da UNAIDS (...) revelou que apesar de se estimar que, em todo o mundo, 70% dos UDIs têm menos de 25 anos e que, nas áreas urbanas, pelo menos metade iniciou os consumos na adolescência, muito poucos programas são dirigidos a jovens em risco de utilizarem drogas injetáveis. Nomeadamente, poucos são dirigidos aos jovens vulneráveis para evitar que comecem a injetar-se ou, caso tenham já começado, para os ajudar a terminar. Mais grave ainda, os programas de prevenção não são dirigidos especificamente às questões que os jovens vulneráveis enfrentam, como por exemplo, a pressão dos pares, a instabilidade familiar ou o abandono escolar. Algumas iniciativas de prevenção do VIH, como os programas de substituição de opiáceos podem mesmo impedir o acesso dos jovens, porque a entrada nestes programas exige o consentimento dos pais.

Partilhar Share to Facebook
Se reside na linha de Cascais, venha fazer o teste para o VIH na SER+

Poderá conhecer o seu estatuto serológico para o VIH, Hepatites B, C e Sífilis, nas instalações da SER+ (em Cascais) ou na nossa Unidade Móvel de Saúde (que circula nos concelhos de Cascais e Oeiras).

O teste é gratuito, anónimo e confidencial, e tem os resultados em 20 minutos.

Na sede da Ser+ os rastreios podem ser realizados às 2.ª, 4.ª e 6.ª feiras de manhã, entre as 9h e as 12h30 e às 5.ª, à tarde, entre as 14h e as 16h30. Sujeito a marcação prévia através do telef. 214 814 130 ou 917 553 488.

Na Unidade Móvel o rastreio é feito sem marcação, por ordem de chegada. Poderá conhecer a rota da Unidade Móvel na nossa página de Facebook ou através do telem. 910 905 974.

Se a sua organização trabalha com populações vulneráveis ao VIH, Hepatites víricas e outras ISTs e, se pretende distribuir preservativos gratuitamente assim como ensinar a utilizá-los correta e consistentemente, contacte-nos!
Centro Anti-discriminação e apoio jurídico.
Legislação e Direitos das Pessoas Infetadas pelo VIH e/ou SIDA - ?O desconhecimento dos direitos e os obstáculos ao acesso aos mecanismos de resposta continuam a dificultar a acção perante práticas discriminatórias e, consequentemente, o seu combate eficaz.?
Novo espaço de atendimento às pessoas que vivem com o VIH. Maior acessibilidade e maior regularidade no acompanhamento psicossocial.
Contas
Plano Estratégico
Estatutos
Donativos
Facebook
© 2018 SER +. Todos os Direitos Reservados.
Design e Desenvolvimento: Vectweb®SM